Conheça a história da Festa Junina!

A Festa Junina é uma das expressões culturais mais importantes e aguardadas do Brasil! Mesmo que as mais famosas comemorações sejam no Nordeste do país, as festas se espalham não só geograficamente pelo território brasileiro, mas também se estendem pelos meses que se seguem. Pode falar a verdade: quem nunca foi em uma Festa Junina em Julho (e às vezes até em Agosto) que atire a primeira pedra!

Nascida como um pedido por tempos de grande fertilidade da terra – e, consequentemente, às boas colheitas -, a Festa Junina é hoje uma festa Católica, mas originalmente um ritual pagão que ocorria em Junho. Eram tantas as práticas que a Igreja não conseguia dar conta de impedi-las e, então, decidiu torná-las cristãs. Daí então proclamou datas para homenagear três Santos ao longo do mês: Santo Antônio (13), São João (24) e São Pedro (29).

Junto com a nossa colonização, veio a Festa Junina. Conta a história que, embora o ritual acontecesse longe do Brasil, os índios que aqui habitavam receberam a festa com naturalidade, visto que eles também realizavam rituais durante o mês de Junho. Ainda mais impressionante é que também tinham ligações com a agricultura. As celebrações eram levadas com cantos, danças e fartura de comida.

Corn cake. Traditional Brazilian treats made of corn.

Agora você pergunta o porquê de nos vestirmos de caipiras, usarmos chapéu de palha e tudo mais. Bem, a resposta é que, com o passar do tempo e com a organização da sociedade, a população que vivia no campo era bastante impressionante – algo em torno dos 70% até meados da década de 20. Por isso o destaque, ainda hoje, para as vestimentas, a linguagem etc.

Hoje a Festa Junina é muito aguardada e, como falamos lá em cima, não nos conformamos com apenas um mês para celebrá-la! Todo mundo quer comemorar a data, mesmo que seja algum tempo depois. A festa está presente nas escolas, nas ruas dos bairros, em temas de aniversário, nas empresas, condomínios e até em shoppings!

No entanto, as maiores festas, que chegam a durar o mês inteiro, são o São João de Campina Grande (na Paraíba), considerado o maior do mundo; o São João de Caruaru (em Pernambuco); o Forró Caju, em Aracaju; o Mossoró Cidade Junina, no Rio Grande do Norte; os vários eventos que tomam as ruas de Salvador; o tradicionalíssimo Bumba-Meu-Boi, em São Luís e a Cidade Junina, em Teresina.

E você, onde será sua próxima Festa Junina?

Relacionados
Coronavírus (COVID-19) e viagens

Coronavírus (COVID-19) e viagens

Informações importantes sobre Coronavírus (COVID-19) e viagens A segurança das viagens é muito importante para nós e estamos monitorando de...
ralbino
Impacto Coronavirus: Cia aéreas, trocas e cancelamentos de voos

Impacto Coronavirus: Cia aéreas, trocas e cancelamentos de voos

Impacto do Coronavírus: o que você precisa saber sobre trocas e cancelamentos de voos * Última atualização:    Diante do...
ralbino
Informações importantes sobre Coronavírus (COVID-19) e viagens

Informações importantes sobre Coronavírus (COVID-19) e viagens

Informações importantes sobre Coronavírus (COVID-19) e viagens A segurança das viagens é muito importante para nós e estamos monitorando de...
ralbino
Dicas de Viagem Ver todos
Viajar em abril e 10 museus para conhecer

Viajar em abril e 10 museus para conhecer

Se suas férias começam no quarto mês do ano, separamos alguns destinos para conhecer em abril e garantir uma série...
ralbino
10 lugares internacionais para viajar no meio do ano

10 lugares internacionais para viajar no meio do ano

Existem dois tipos de pessoa: aqueles que gostam de viajar e aqueles que gostam de viajar – só que traduzidos...
ralbino