Nosso site utiliza cookies para fins técnicos, analíticos e de marketing. Veja mais informações aqui. Se estiver de acordo, continue navegando.

Diversão e Gastronomia

Viajar é bom, mas você conhece sua cidade?

Uma das melhores coisas da vida é aproveitar os dias de férias para viajar. Seja pelo mundo ou pelo Brasil, cada cantinho guarda surpresas incríveis para você.

Não à toa, o que mais vemos são contas de Instagram e carimbos no passaporte que mostram viagens feitas pelo mundo. E isso é muito legal, não pare e viaje sempre.

Mas tem algo muito curioso que acontece também: muitas pessoas não conhecem a própria cidade, a própria cultura ou a própria história.

Às vezes, para essa mudança acontecer, é necessário que venha um amigo de fora do país ou de outra parte do Brasil para que você finalmente conheça sua própria cidade.

Por que isso acontece? Algumas razões podem ser verdadeiros mistérios: será que damos mais valor à grama do vizinho, afinal? Já outras são bastante óbvias, como estas:

1 – Moro em uma cidade cara

Sim, é muito possível que sua cidade seja muito turística e cara, como é o caso do Rio de Janeiro. Turistar pelas ruas cariocas não é barato, mas, como morador, você consegue encontrar opções mais em conta ou dividir os roteiros ao longo dos finais de semana para diluir os custos.

2 – Moro em uma cidade grande demais

E isso impossibilita que você a conheça apenas durante o final de semana, como é o caso de São Paulo, que precisa de mais alguns dias para captar sua essência. Mas, como bom morador, você pode encontrar as melhores rotas e separar vários finais de semana para conhecê-la melhor.

3 – Minha cidade não tem nada

Cidades do interior costumam ter menos atrações, mas não necessariamente não tem nada. Procure conhecer sua história, como foi sua fundação e pontos importantes dela.

 

Se você se identificou com alguma dessas alternativas, vamos te fazer um convite: viaje para sua própria cidade e aproveite-a como um turista. Como?

1 – Passe pelo menos uma noite em um hotel ou hostel

Sabe aquele ponto da cidade que não faz parte da sua realidade, por ser caro demais ou turístico demais? Hospede-se lá por um dia. Acordar em um bairro diferente já faz diferença.

Passar uma noite no hotel pode trazer esse sentimento de viajante com mais facilidade, afinal já é uma quebra de rotina bastante grande!

2 – Faça caminhos diferentes do que está acostumado

O hábito acaba fazendo com que a gente conheça apenas um caminho e, dessa forma, apenas uma parte e um estilo da cidade.

Para conhecer mais do que ela tem a oferecer, tente fazer caminhos alternativos não só para sentir a diferença entre os bairros, mas para aumentar seu conhecimento sobre ela.

3 – Vá aos lugares turísticos

Talvez essa parte seja uma das mais caras da lista, mas você pode espalhar esses passeios ao longo das semanas ou meses.

O importante mesmo é conhecê-los: eles não são turísticos à toa e provavelmente você vai amar ver sua cidade sob uma perspectiva diferente.

4 – Ande com calma, aprecie os cenários

No nosso caminho para o trabalho, para a faculdade ou para a escola, acabamos passando “batido” pelos lugares. Mas lembre-se: se é para conhecer sua cidade, ande com calma.

Ao invés de pegar ônibus, metrô ou atalhos, busque caminhar com calma, absorvendo os lugares, os prédios, os monumentos. Com certeza você irá aprender algo.

5 – Procure fazer algo diferente durante a semana

Se você é aquele que sai do trabalho correndo para casa, procure reservar pelo menos um dia para conhecer bares, restaurantes, ir ao teatro, a shows… até shopping vale.

Contando que seja um shopping diferente!

Chame alguém do trabalho, um amigo ou algum familiar para acompanhar e colocar o papo em dia. Não é necessário um pretexto para fazer algo diferente!

6 – Veja o que está acontecendo na cidade

Praticamente toda cidade tem um Guia Cultural ou um site onde podemos encontrar a programação de eventos.

Procure ir a exposições, peças, feiras, shows, lançamento de livros, entre outros. Assim você conhecerá diferentes aspectos e pessoas da sua cidade!

7 – Faça trilhas, vá a cachoeiras ou lagoas

Mesmo que sua cidade não tenha eventos ou grandes pontos turísticos, certamente existe algo a mais do que o de sempre para ser feito.

Se você mora em alguma cidade no interior do seu estado, procure se informar a respeito de trilhas, cachoeiras, parques ou outros lugares ao ar livre.

Experimentar este estilo de vida também é uma mudança e tanto, além de ser um jeito diferente de conhecer mais sobre sua cidade.

8 – O que tem por perto?

Esta serve tanto para quem mora em cidades mais tranquilas quanto nas grandes capitais. Procure pesquisar o que tem na região como um todo.

De repente você não sabe, mas tem uma pizzaria incrível em uma cidade vizinha, ou um museu interessante, uma exposição, eventos legais ou lugares bonitos para visitar.

9 – Pergunte

Às vezes a gente deixa de conhecer algo super legal simplesmente porque não perguntamos ou não expressamos nossa vontade de conhecer mais.

Pode ser que seu amigo conheça lugares alternativos, pode ser que sua prima saiba de um lugar ótimo para apreciar a vista da cidade, nunca sabemos! E não custa perguntar.

 

E você, pode dizer que conhece sua cidade todinha? Então deixe sua dica aqui! Vai que você não ajuda outra pessoa a descobrir os encantos da sua cidade?

Deixar um comentário