Nosso site utiliza cookies para fins técnicos, analíticos e de marketing. Veja mais informações aqui. Se estiver de acordo, continue navegando.

Dúvidas do Viajante

Guia de Viagem: um check-list completo para não se perder

Planejar uma viagem traz uma sensação tão boa quanto a viagem em si. Bom, talvez não tão prazerosa quanto estar no destino, mas é um sentimento muito bom, de qualquer forma!

Mas temos que ser sinceros: às vezes o planejamento de uma viagem envolve tantos detalhes que é muito fácil acabar se perdendo e deixando muito para a última hora.

Para evitar tais transtornos, pensamos: que tal montarmos um guia da viagem? Faremos um check-list completíssimo para que você não deixe nada passar.

Gostou da ideia? Então é só acompanhar o restante do texto! E caso você queira deixar algum comentário, elogio ou sugestão, somos todos ouvidos! É só deixar sua mensagem.

1 – Escolhendo o destino

O início de toda viagem começa aqui: com a escolha do destino. Geralmente não temos dúvidas para onde queremos ir, mas caso você esteja com muitas opções, algumas dicas:

  • Tente não fugir do seu orçamento: se você tem mil reais para investir em uma viagem, não adianta pesquisar tudo para uma viagem de dez mil;
  • Pense no período disponível: o número de dias de férias ajuda muito nessa decisão. Se você só tem cinco dias, evite lugares com muitas atrações ou que seja muito distante, como Paris, por exemplo;
  • Estilo de viagem: tente priorizar um estilo de viagem que você mais goste ou que está com vontade de fazer. Por exemplo: viagens históricas, viagens ecológicas, viagens gastronômicas etc;
  • Baseado em atividades: se você está viajando para um destino com um motivo específico, como fazer a trilha de Machu Picchu, por exemplo, você deve estar atento ao calendário, pois o passeio passa por um longo hiato por causa das chuvas que atingem a região.

2 – Comprando passagens

A compra de passagens, seja para voos nacionais ou internacionais, sempre traz dúvidas aos viajantes, mas o importante é:

  • Nunca deixe para a última hora;
  • A antecedência recomendada para voos nacionais durante a baixa temporada é entre 25 a 40 dias;
  • Já na alta temporada, para voos nacionais, recomenda-se que a compra seja realizada entre 60 e 90 dias antes da data pretendida para o embarque;
  • Para voos internacionais na baixa temporada, aconselha-se a comprar entre 30 e 60 dias de antecedência a data da viagem;
  • Para viagens internacionais na alta temporada, o período de busca com antecedência muda para entre 60 e 120 dias;
  • Independente de tudo isso, sempre pesquise: dessa forma você terá um preço médio em mente e saberá quando o voo estiver com um valor muito bom;
  • Crie alertas de preços para não perder nenhuma promoção. Aqui no Mundi você cria o seu gratuitamente e fica sabendo por email, ou através do nosso app, quando o voo ficar mais barato!

3 – Escolhendo o hotel

Escolher o hotel para sua viagem parece algo tão fácil que geralmente, as pessoas tendem a deixar por último. Mas, por favor, não deixe! Seguem nossas dicas:

  • Se for para economizar, tente ficar em hotéis ou hostels que sejam práticos, isto é, perto dos principais pontos de interesse e que seja fácil de se locomover. Opções com Wifi grátis e café da manhã inclusos são sempre uma ótima ideia!;
  • Se você quiser o máximo de conforto, busque hotéis com as comodidades que são mais importantes para você, como: atividades para crianças, serviço de concierge, SPA, serviço de transfer, academia, restaurante etc;
  • Independente da praticidade ou do conforto, procure estar atento a localização do hotel para ver se é uma área tranquila de chegar e sair a qualquer hora do dia ou da noite;
  • Sempre olhe as avaliações: elas serão suas melhores amigas durante todo o processo de escolha. Saber como foi a experiência de outros viajantes é sempre uma mão na roda para tomar uma decisão. Por isso, procure sempre fazer uma avaliação dos lugares de onde você se hospedou também.

4 – Montando o roteiro

Um dos momentos mais prazerosos, mas também um dos mais trabalhosos, sem dúvida alguma. É aqui que começamos a definir sua viagem! Confira nossas dicas:

  • Pesquise tudo sobre o lugar. Faça uma lista com praticamente tudo que ele tem a oferecer. O Excel é um ótimo aliado neste momento!;
  • Depois de feita a primeira pesquisa, vá classificando as opções em três categorias: (a) me interesso muito, (b) me interesso médio, (c) não me interesso. Essa estratégia é excelente, principalmente, para quem está viajando em grupo;
  • Uma alternativa ainda mais prática é definir seu estilo de viagem. Por exemplo, se você ama passeios ao ar livre, então passar o maior tempo em museus não fará sentido;
  • Depois disso, é só começar a distribuir as atividades pelos dias que você terá disponíveis para viajar. Seja o mais realista possível! Para isso, conte com blogs de viagem, opiniões de outros viajantes e ferramentas como o Google Maps, que poderá te dar a noção exata de distâncias a serem percorridas;
  • É importante que você deixe algumas folgas no seu roteiro. Como falamos, seja o mais realista possível. Não estufe o dia com várias atividades e lembre-se de períodos para almoçar, lanchar e voltar ao hotel para tomar banho – e sair novamente. Se você gosta de fazer compras, insira horas a mais ou até mesmo um dia apenas para isso;
  • Fazer um Plano B, para se ajustar às condições climáticas ou qualquer outro imprevisto, também é bastante importante. Se possível, deixe um dia vazio na sua planilha para atividades que surgiram de última hora ou para aquelas que não foram possíveis serem realizadas no dia “correto”;
  • Por sinal, é importante abraçar os imprevistos e sugestões que possam surgir pelo caminho. O importante é se adaptar e ficar feliz com a viagem!

5 – Reservando o carro

Muitos viajantes gostam de alugar um carro, especialmente para quem está viajando em grupo. É realmente econômico e dá muito mais liberdade! Para isso:

  • Tenha um cartão de crédito com um bom limite;
  • Esteja com sua carteira de motorista em dia e em bom estado;
  • Antes de basear toda sua viagem contando com o aluguel do carro, procure sabe a idade mínima permitida para tal, pois esse dado costuma variar;
  • Procure reservar o carro com antecedência, especialmente durante a alta temporada e em feriados prolongados;
  • Fique atento(a) às condições do carro e aos contratos!

6 – Separando documentos

Antes de viajar, separe todos os documentos e comprovantes de compra em uma pastinha. É a melhor maneira de deixar todos organizados e à disposição, caso precise. Mais dicas:

  • Passaporte: não esqueça de prestar atenção na data de validade. É importante que seu passaporte tenha validade até seis meses depois da sua data de retorno. Isto é, se sua data de retorno é 01/02, seu passaporte tem que estar válido até, pelo menos, 01/08 do ano corrente;
  • Carteira de Identidade: ela tem que estar em bom estado e ter até 10 anos de emitida;
  • Carteira de Motorista: se você for dirigir, lembre-se que ela tem que estar válida e em bom estado!;
  • Comprovante de vacinação: para os países que exigem, é importante correr atrás da vacinação e estar com o documento comprobatório. Sem ele, você será impedido de viajar;
  • Seguro de Viagem e/ou Seguro Saúde: além de ter o documento em mãos caso ocorra alguma coisa, alguns países exigem o cuidado;
  • Cópia das reservas de hotel e voo: caso alguém pergunte nome, endereço, data de retorno e comprovantes de tais informações, é sempre bom já ter esses dados com fácil acesso.

7 – Trocando dinheiro

Para quem vai viajar para o exterior, a troca de dinheiro é essencial. Afinal, sem ele não se vive, não é mesmo? Algumas dicas:

  • Nunca troque dinheiro no meio da rua, uma prática muito comum em Buenos Aires;
  • Cheque a procedência da casa de câmbio: afinal, dinheiro falso existe em toda parte do mundo;
  • Geralmente trocar dinheiro no aeroporto apresenta cotação pouco favorável ao turista, prefira trocar em casas de câmbio na cidade;
  • Mas sempre vá com pelo menos um pouco de dinheiro local para os gastos iniciais como lanche, corridas de táxi ou passagens de ônibus.

8 – Arrumando as malas

A premissa é sempre viajar o mais leve possível, mas sem esquecer das coisas que você irá precisar. Algumas dicas são:

  • Algumas pessoas gostam de montar looks para cada dia da viagem, arrumando as malas dessa forma;
  • É interessante, no entanto, dar preferência para roupas que são coringas, como calça jeans e blusas sóbrias, que servem para praticamente qualquer ocasião;
  • Não se esqueça de basear sua mala no clima do destino: estará frio? chuvoso? ensolarado?;
  • Mesmo que esteja muito ensolarado e calor, procure levar um casaco e uma capa de chuva;
  • Leve calçados confortáveis, afinal você irá caminhar muito!;
  • Não esqueça da sua farmacinha particular;
  • Apesar da maioria dos hotéis oferecerem shampoo, condicionador e sabonete, vale a pena levar os seus, além de outras necessidades;
  • Não se esqueça dos seus aparelhos eletrônicos, como carregadores, câmeras, carregadores portáteis e mais!;
  • Se você estiver viajando com bebês, vale a pena deixar para comprar fraldas no local, ao invés de viajar com vários pacotes;
  • Ao arrumar a mala, aproveite todos os espaços possíveis para otimizar ao máximo. Por exemplo, você pode colocar suas meias dentro dos sapatos;
  • Procure viajar com espaços vazios na mala: assim você terá espaço para voltar com lembrancinhas e produtos adquiridos durante a viagem.

9 – Indo para o aeroporto

Sim, ir para o aeroporto, por mais simples que pareça ser, exige alguns cuidados que fazem muitos turistas perderem o voo:

  • Durante a baixa temporada, e para voos nacionais, você pode chegar ao aeroporto com uma antecedência de 1h30. Para voos internacionais, entre 2h30 e 3h;
  • Durante a alta temporada, para voos nacionais, 2h30 de antecedência é o mais ideal. Para voos internacionais, entre 3h e 4h de antecedência;
  • Leve em conta o trânsito da sua cidade!;
  • Inclusive, procure desenhar suas rotas com antecedência, buscando sempre aquele que será mais rápido;
  • Se possível, e principalmente se seu voo for bem cedinho, deixe o táxi, Uber ou transfer já agendado.

10 – Curta sua viagem

Não há regras para curtir sua viagem, apenas curta, tire fotos, descubra novas coisas e divirta-se, acima de tudo!

É importante abraçar imprevistos com a mesma alegria daquilo que fora programado. Sempre há algo de positivo a ser tirada das experiências!

Na volta, traga lembranças incríveis e muitas histórias para contar. Não se esqueça de chegar ao aeroporto com antecedência e com os documentos em ordem.

E, claro, comece logo a planejar sua próxima viagem!

 

Se você gostou do nosso guia, compartilhe com amigos, familiares e companheiros de viagem. E se quiser dar sugestões, ficaremos mais do que felizes em ler nos comentários!

Lembre-se: planeje sua viagem com o Mundi! Nós comparamos preços de passagens aéreas e hotéis para que você possa fazer a melhor escolha na hora de viajar.

E o melhor: é de graça!

Deixar um comentário