Dúvidas do Viajante

Câmeras profissionais para viajar: é uma boa ideia?

As câmeras DSLR têm o apelido de “câmeras profissionais” pelo motivo que já está muito na cara: ela é voltada para aqueles que já são profissionais do ramo ou para quem quer aprender mais sobre fotografia e se tornar um profissional, ou apenas para aprimorar as técnicas do hobbie.

Nesta série de posts sobre câmeras para levar em sua viagem, nós já falamos sobre as câmeras esportivas e também sobre as compactas. Hoje, encerrando esta trilogia, falaremos das vantagens e desvantagens de levar uma câmera profissional (ou DSLR) na sua próxima viagem e, de quebra, falaremos sobre as câmeras SuperZoom!

Vantagens da câmera profissional

  1. Elas garantem fotos com qualidade nível incrível, sem querer rimar;
  2. As filmagens também são maravilhosas. A maioria das câmeras contam com entrada para microfone externo garantindo melhor qualidade de som! Não à toa, muitas produções usam câmeras DSLR;
  3. Ao longo dessa série de posts, falamos muito sobre a questão da qualidade e da luminosidade. As câmeras profissionais tendem a se sair bem mesmo em ambientes com iluminação desfavorável;
  4. A velocidade de disparo também garante fotos maravilhosas mesmo quando o objeto a ser fotografado está em movimento, como crianças correndo, animais, uma prova de corrida etc.;
  5. Os ajustes possíveis são infinitos e ajudam a fazer de uma simples foto uma obra de arte! Ok, pode ser exagero, mas controlar a imagem realmente traz resultados únicos que normalmente não são encontrados em câmeras comuns, como a questão do foco, por exemplo;
  6. As câmeras DSLR também tem uma bateria auxiliadora chamada grip. Com o grip a bateria dura muito, muito, muito, mesmo com uso contínuo. É mais uma ferramenta ideal para que os fotógrafos que simplesmente não podem correr o risco de ficar sem bateria. O ponto negativo: deixa a câmera mais pesada.

Desvantagens da câmera profissional

  1. Ao contrário das câmeras compactas, as câmeras profissionais (ou DSLRs), costumam ser grandes e pesadas, por isso a praticidade passa longe. Geralmente têm suas próprias cases para locomoção, que podem ir de uma bolsa para usar atravessada até uma pequena mochila;
  2. Como são grandes, costumam chamar a atenção. Vale, portanto, fazer um seguro tanto para o dia-a-dia quanto para viagens;
  3. Vai pedir para alguém tirar uma foto sua durante uma viagem? As configurações de uma câmera DSLR pode deixar a pessoa um pouco confusa. Deixe a câmera configurada do modo ideal para você e passe para a pessoa apenas para que ela enquadre e tire a foto sem precisar fazer qualquer coisa;
  4. As câmeras DSLRs são voltadas para pessoas que já tem conhecimento fotográfico ou estão se empenhando para ter. Por isso ela é uma câmera totalmente configurável (veja as vantagens acima), exigindo mais do fotógrafo para que uma foto alcance todo seu potencial;
  5. O custo inicial de uma câmera profissional básica não é barato. O valor ainda vai aumentando conforme a compra de novas lentes e acessórios, como tripés e flashes – que também não são baratos e serão necessários;
  6. Ela exige alguns cuidados: areia, água, quedas etc são coisas que não combinam com uma câmera profissional. Procure usá-la em lugares que não a exponha a esses riscos e sempre use uma bolsa acolchoada para carregá-la.

Você já conhece as câmeras SuperZoom?

As câmeras SuperZoom nem sempre são conhecidas assim, elas podem ser simplesmente chamadas de câmeras semi-profissionais, embora o nome não faça muito jus à família de câmeras da mesma categoria.

Identificar uma câmera SuperZoom é fácil, veja alguns detalhes abaixo:

  1. Elas têm a cara de uma DSLR, mas são menores;
  2. Elas também não têm a opção de cambiar a lente;
  3. As câmeras SuperZoom combinam algumas vantagens da câmera DSLR com a praticidade das câmeras compactas: isto é, são mais leves e menores que uma câmera DSLR e maior que uma câmera compacta;
  4. Ela tem várias funções, podendo até configurar algumas delas manualmente. Ao mesmo tempo, ela tem a função automática, que focaliza e identifica o melhor modo de disparo sozinha;
  5. Uma das maiores vantagens está no nome: elas possuem um SuperZoom. Com essa funcionalidade, você pode tirar fotos de objetos que estão bem distantes e conseguir imagens com detalhes que nem nosso olho consegue enxergar! Mas tem que manter as mãos firmes para a foto não sair tremida;
  6. No entanto, elas também costumam sofrer em lugares com baixa luminosidade e com objetos em movimento;
  7. Elas são bem moderninhas: você pode compartilhar as fotos da câmera direto para o seu celular através de um aplicativo que conecta os dois acessórios. Assim fica mais fácil passar para o grupo do Whatsapp e compartilhar nas redes sociais!;
  8. O valor também fica entre a DSLR e a compacta: geralmente encontra-se câmeras SuperZoom entre R$ 650 a R$ 1.200 nas lojas.

Qual câmera é melhor para comprar, então?

Como falamos no nosso post das câmeras esportivas, isso tudo vai depender de você e da sua verba disponível para compras.

Como dito acima, as câmeras DSLR são voltadas para quem tem mais conhecimento fotográfico ou para quem quer se aventurar no mundo da imagem. Se você está nesse caso, vai em frente e compre uma DSLR!

Mas é aquela coisa: mexer nela, além de carregá-la, não será uma tarefa simples na maior parte das vezes e pode ser que você se veja pegando o celular ou uma câmera mais compacta para o dia-a-dia. Só vale lembrar que a qualidade das fotos é bem superior!

O custo é outro impacto na decisão. As DSLRs básicas já têm valor inicial alto, a aquisição de lentes e outros acessórios também. E acredite: você precisará deles em uma hora ou outra. As demais câmeras ganham de longe neste quesito.

Se você quer ficar no meio-termo, talvez a melhor opção seja a SuperZoom, da qual falamos um pouco antes do fim desse post. Elas possuem boas funcionalidades e são menores e mais leves que as profissionais.

As câmeras SuperZoom também são uma boa porta de entrada para o mundo da fotografia profissional ou, pelo menos, mais trabalhada. É uma boa maneira de testar se você pega gosto pela fotografia ou se você tem uma vibe mais simples.

 

E aí, qual será a câmera que você levará para sua viagem? Achou que ficou faltando alguma coisa? Deixe para a gente nos comentários!

Deixar um comentário