Destinos

Um lugar diferente: Tóquio!

Quer fazer uma viagem bem diferente? Conheça Tóquio! Explicamos tudo nesse post.

Com uma cultura completamente diferente da nossa, Tóquio é um destino a que poucos se destinam. Longe de ser a viagem mais comum da que se ouve falar, quem se aventura vive uma experiência única com muitas histórias para serem contadas nesse lugar que consegue ser sinônimo do que há de mais moderno e tradicional ao mesmo tempo. Como diria uma frase no site do TripAdvisor, Tóquio é onde você pode reverenciar os tempos antigos antes de se acabar em um bar de karaokê. Vamos conhecer um pouquinho mais desse lugar diferente? Continue lendo!

Afinal, quanto tempo leva um voo para lá?

São mais ou menos 23h de voo, mas relaxa que todos os aviões saindo de São Paulo (que foi a cidade que pegamos de exemplo) fazem pelo menos uma parada para esticar as pernas. Contando com a parada, é fácil que o tempo de viagem, por trecho, alcance facilmente as 26h de deslocamento – no mínimo.

Qual é a diferença de fuso horário?

Tóquio está a doze horas na frente do Brasil (lembrando que estamos considerando aqui o horário de Brasília), então enquanto aqui são 15h do dia 05/05, por exemplo, lá já são 03h do dia 06/05. É melhor se comunicar por email para não acordar ninguém por aqui enquanto você estiver lá 😉

É caro conhecer Tóquio?

Aqui no Mundi você pode comparar preços para ver, mais rapidamente, qual é a companhia ou agência que está cobrando o melhor preço. Nós realizamos uma pesquisa de curiosidade, como teste, para saber o custo básico de uma viagem para lá. Os resultados foram:

Aéreo: Saindo de São Paulo para passar 10 dias em Tóquio em Outubro (e pesquisando em Maio), achamos passagens por R$ 2.691, sem as taxas.

Usando os filtros do Mundi para achar hotéis, pesquisamos por um hotel bem avaliado que fosse barato. Encontramos a diária para duas pessoas pelos dez dias a partir de R$ 1.656.

Os meios de transporte são tranquilos?

Trens, ônibus e metrôs estão disponíveis com pontualidade britânica. Locomoção não será um problema.

E a segurança?

É uma cidade segura, apresentando índices baixos de criminalidade, mas o conselho seguinte é o mesmo que daremos para qualquer cidade grande – sendo você turista ou não: cuidado nunca é demais! Entre uma rua escura e deserta e outra iluminada e movimentada, não escolha a primeira opção. E por aí vai…

 E a comida?

A famosa comida japonesa que tanto adoramos aqui no Brasil também existe lá, claro, e, assim como aqui, também apresenta preços altos. Mas é importante dizer que não é só de sushi que vivem os japoneses.

Em sua culinária, você encontra arroz, vegetais, sopa com pasta de feijão (miso), peixe ou carne (galinha, boi ou porco). O macarrão também é muito popular e são servidos acompanhados de vegetais e/ou carne.

Não há necessidade de ficar com medo de passar fome por lá, afinal comida de toda parte do mundo é facilmente encontrável em Tóquio – especialmente a chinesa -, além de ter oferta de hambúrgueres e dos fast foods mundiais.

Quando ir?

O verão por lá é bem quente e úmido, mas dependendo de qual parte do Brasil você seja, isso nem será um problema. Sem contar que é nessa época que ocorrem festivais com fogos de artifício. Sendo no Japão, já dá para ficar a dica que é incrível. Para pegar temperaturas mais agradáveis, programe sua visita para algum momento entre março e novembro.

O que fazer?

O que fazer? Tem um monte de coisas! Parques, museus, teatros, parques de diversões, zoológicos e aquários etc e tal. Como grandes destaques temos o Monte Fuji, o Museu Nacional de Tóquio, o Santuário de Meiji Jingu, Shibuya (o bairro que centraliza a moda), Tokyo Sky Tree, Tokyo Tower…

Ao redor da cidade também tem passeios que podem ser interessantes. Por exemplo, se você estiver com crianças, talvez seja uma boa dar um pulo na Tokyo Disneyland (dá para ir de metrô!) e em Yokohama tem um parque aquático.  Ao norte da capital, temos Nikko, o lugar ideal para quem gosta de História.

Compras

Claro, essa parte não poderia faltar! A meca dos eletrônicos, brinquedos, louças e, de algum tempo pra cá, das lojas de departamento, promete fazer sua mala ficar apertada com tanta coisa.