Curiosidades Dicas de Viagem

Sete lugares misteriosos por aí!

Curte um mistério, uma coisa sem explicação? Então chega mais, hoje o assunto são os sete lugares misteriosos por aí!

 

Curte um mistério, um suspense, uma coisa sem explicação? Gosta de ficar impressionado com alguma coisa e sair contando para todo mundo? Então chega mais, hoje o assunto são os sete lugares misteriosos por aí!

1) Área 51, estado de Nevada, E.U.A.

O que é a Área 51? Olha, é uma área militar que fica no deserto de Nevada. Ela é tão tão tão restrita que o conhecimento sobre sua existência só foi confirmada (e olhe lá!) bem recentemente. O que faz dela um lugar estranho/misterioso é a fama de ser (supostamente) um local ultra-secreto para onde corpos de aliens e suas tecnologias foram levadas depois de um acidente com uma nava espacial em Roswell (New Mexico) em 05/07/1947.

Sete lugares BEM estranhos por aí! Área 51

2) Socotorá, Oceano Índico

A localização é meio estranha, mas veja bem: Socotorá é uma ilha que fica em frente a costa do Chifre da África, a 250 km a leste do cabo Guardafui e 380 km a sudeste da costa do Iémen. Fala sério, dá para chegar a pé, né? hahaha… Por causa do calor e da falta de água, a flora é bastante única — tão única que está entre as dez floras que mais correm risco de extinção do mundo. Destaca-se a árvore de seiva de cor vermelha.

Sete lugares BEM estranhos por aí! Socorotá

3) Monte Roraima, América do Sul

Fica, mais precisamente, na divisa entre Brasil, Venezuela e Guiana e tem um formato de mesa, não é? Lá encontra-se várias espécies de plantas carnívoras,  além de répteis e anfíbios bem peculiares. O Monte Roraima é bastante procurado para praticar trekking – já que o ambiente é bem diferente e o acesso não é difícil.

Sete lugares BEM estranhos por aí! Mesa

4) Fly Geyser, estado de Nevada, Estados Unidos

Esse não chega a ser um ponto turístico, pois está em propriedade privada e o dono não deixa as portas abertas. Fotógrafos tem que marcar hora, por exemplo. E ele nem demonstra qualquer interesse pelas ofertas que recebe para fins de conservação. Sua formação aconteceu a partir da perfuração de um poço, que funcionava normalmente até que a água aquecida encontrou um ponto na parede que fazia a água ir para a superfície. Os minerais presentes nela solidificaram e vão formando o monte — que continua a crescer!

Sete lugares BEM estranhos por aí! Fly Geyser

5) Vales Secos de McMurdo, Antártida

Se você jogar Antártida em uma pesquisa de imagens, só retornará gelo, neve, pinguins e afins. Mas se você fizer uma pesquisa por Vales Secos de McMurdo (ou McMurdo Dry Valleys), a história será outra. Lá não há gelo, devido as montanhas em volta que impedem o vento gelado. A área é um deserto e faz o Senhor Frio. Há lagos também cuja água é uma das mais salgadas do mundo e existem as Cachoeiras de Sangue – a pigmentação escura é por causa do óxido de ferro presente na região. Os cientistas acreditam que o solo de lá seja o mais próximo ao de Marte.

Sete lugares BEM estranhos por aí! McMurdo

6) Ilha de Páscoa, Ilha da Polinésia Oriental, ao sul do Oceano Pacífico

Aqui jaz um dos maiores mistérios da Terra. De onde vieram essas estátuas de mais de 50 metros? Quem as enfileirou? Como surgiram? Uma das teorias que se tem é que uma civilização viveu muito tempo por lá e as fez, mas o que aconteceu com esse povo, ninguém sabe.

Sete lugares BEM estranhos por aí! Páscoa

7) As pedras de Racetrack Playa, Vale da Morte, Califórnia, E.U.A.

Outra coisa que ninguém entende e que é impressionante: as pedras que deslizam. Essas pedras de tamanho e peso consideráveis são sempre encontradas com um rastro atrás de si, sugerindo movimento — às vezes bem distantes do seu ponto de origem. Ainda não se sabe ao certo o motivo pelo qual isso acontece e ninguém conseguiu ver ou filmar quando elas ‘andam’. O caso das pedras de Racetrack Playa são mais conhecidos, mas há outros lagos secos onde há o mesmo fenômeno.

Sete lugares BEM estranhos por aí! Pedras