Dúvidas do Viajante

Eternize sua viagem: tire fotos!

Foto é ótimo, foto é tudo de bom! Agora deixe-as ainda melhores com nossas dicas. CLICK!

garota fotografando celular

Um dos primeiros investimentos que se faz quando vai viajar é comprar uma câmera para registrar todos os momentos. Mas sempre rola aquelas horas em que você resolve ir até ali rapidinho e acaba descobrindo uma oportunidade de foto que poderia ser magnífica, mas que acabou passando.

Graças aos celulares, cada vez mais modernos, esses momentos de perda estão acontecendo menos e menos. Afinal, podemos dizer com segurança que a grande maioria dos aparelhos já conta com câmera embutida.

Nem sempre, no entanto, essas fotos são com aquela qualidaaaaade assiiiiiiiiim notóóóóória e tal, mas antes uma foto mais ou menos do que nada, né? De qualquer forma, há algumas dicas que podem ser usadas a favor do fotógrafo de celular.

Às vezes tudo é questão de configuração. Dê uma olhada no contraste e no tamanho/qualidade das imagens, mude uma coisa ou outra, experimente até achar o que ficará bom.

Outra coisa que diferencia muito as fotos do celular e da câmera é o tempo. A maioria das câmeras convencionais tem resposta rápida após apertar o gatilho. Já o telefone acaba sendo mais lento. Se a foto for uma paisagem, ok; mas se for uma pessoa, exija um pouquinho de paciência e use o velho “um, dois, três e… já!” apertando o botão de disparo quando a contagem estiver no dois.

garota fotografando garoto celular

Alguns telefones tem flash, outros não. Para aqueles que se veem obrigados a viver a vida com fotos que parecem ter sido tiradas durante um black-out, o conselho é usar e abusar da luz externa – mas tome cuidado: não coloque a luz atrás do foco, por exemplo. Do contrário só aparecerá uma silhueta. Artístico, verdade, mas não é a intenção, né? Outra dica são os apps ou programas que ajudam a dar uma iluminada e, assim, recuperar essas imagens depois.

Às vezes acontece umas tremedeiras na hora de bater a foto, né? Normal! Para evitar isso nas fotos (ou filmagens), procure deixar seu antebraço bem grudado ao corpo, isso dará maior estabilidade.

As capinhas do celular também podem interferir na sua foto. Isso acontece porque ela pode não estar totalmente encaixada no aparelho e acabar pegando um pouco no flash. Se você perceber que as imagens estão saindo com um pouco de ”neblina”, pode ser um sinal!

Os apps para smartphones também são uma mão na roda e ajudam o fotógrafo amador a tirar fotos realmente boas. Isso tudo graças aos efeitos que podem ser colocados. O mais famoso é o Instagram (o Mundi tem um, já deu uma olhada?), mas existem vários outros!

Outra dica bem útil é deixar o GPS ligado – o único ponto fraco é que a bateria acaba mais rápido. A grande vantagem é que, ao tirar a foto, as informações de localização ficam gravadas e, assim, você sempre saberá os locais onde foram tiradas. Isso é ideal para quem visita vários lugares em uma única viagem.