Dúvidas do Viajante

Museu do Humor Argentino

O Museu do Humor Argentino reúne obras dos principais artistas gráficos do país em um único local, o prédio La Munich em Puerto Madero.

Foi inaugurado recentemente em Buenos Aires o Museu do Humor, ou melhor, El MuHu.

Neste novo museu dedicado somente as artes gráficas, estão sendo exibidos trabalhos de artistas como dos quadrinistas Dante Quinterno e Quino, criadores dos personagens Patoruzú e Mafalda respectivamente, além de Nik, Hermegildo Sábat, Carlos Garaychochea, Manuel Garcia Ferré e Florencio Molina Campos, um ilustrador que trabalhou para a Disney.

A ideia de criar um museu específico para esse segmento veio da necessidade de preservar o patrimônio do humor argentino, apreciado por pessoas ao redor do mundo inteiro. O museu recebe obras dos grandes mestres do desenho, ilustração e caricatura, que agora possuem um lugar fixo para expor seus trabalhos, assim como as futuras gerações.

A exposição inaugural se chama “Humor Gráfico Argentino: su historia”. Este show é uma síntese, em pouco mais de 100 obras, do que representa o humor gráfico argentino.

Também foi inaugurada junto com o museu a exposição “Carlos Garaycochea, humor en colores”, uma retrospectiva que reúne 40 obras originais desse autor muito aclamado na Argentina.

O edifício onde está instalado o museu, La Munich, foi inaugurado em 1927 e é um ícone da gastronomia e da cultura no país. Prédio sede da Direção Geral dos Museus possui valor arquitetônico e histórico, e está localizado em Puerto Madero, uma área urbana com potencial de crescimento cultural, turístico e comercial.

O museu abre diariamente e o ingresso custa 10 pesos (aproximadamente R$ 4,50). De segunda a quarta-feira, a visita é gratuita.

Comentário