Dúvidas do Viajante

Conservatória, a terra da seresta

Conservatória é a cidade do Brasil onde nasceu a tradição das serestas, mas no mês de setembro é o “choro” que toma conta da cidade.

Conservatória atrai muitos turistas o ano inteiro pela tranquilidade bucólica e principalmente pela música.

Conta a história que a tradição da seresta nasceu com um romântico professor de música e tocador de violino, Andreas Schmidt, que, em uma noite enluarada no silêncio do vilarejo, atraiu espectadores, e passou a ter como rotina tocar seu violino na praça. Aos poucos, músicos vindos de outros lugares passaram a acompanhar as serenatas do professor, e essa virou uma característica incorporada ao lugar.

Todos os anos no mês de agosto, acontece na cidade o Encontro dos Seresteiros, uma tradicional festa de serestas que dura um final de semana. No período da tarde, músicos cantam por toda a cidade e a noite acontecem shows com grandes seresteiros.

Em setembro a programação musical em Conservatória entra no ritmo do choro. Este ano vai acontecer a 15ª edição do festival Noites de Choro, entre os dias 15 e 22 deste mês.

A cidade ainda conta com um Museu da Seresta, que conta com o maior acervo de músicas de serestas do país. O museu reúne todas as sextas e sábados à noite seresteiros que de lá saem para cultivar o hábito de cantar pelas ruas da cidade.

Além de toda a cultura musical, Conservatória conta com uma estonteante beleza natural. A Cachoeira da Índia, que lá se localiza, é queda d´água chamada pelos locais de Praia Sertaneja. Na cachoeira podemos encontrar uma escultura de uma entidade marinha desconhecida, mas chamada pelo povo que reside na região por índia.

Pra quem procura uma cidade calma e bonita para descansar, Conservatória certamente é uma ótima opção.

Comentário