Dúvidas do Viajante

Ilumine sua estadia: Hotéis instalados em faróis fazem sucesso na Europa

Na Europa, antigos faróis em desuso foram transformados em hotéis que oferecem hospedagem de luxo.

Na Europa, antigos faróis em desuso foram transformados em hotéis que oferecem hospedagem de luxo.

Com 150 anos de idade, o farol Molja, que fica na entrada do porto de Aalesund, na Noruega , foi transformado em hotel recentemente. Seu interior é completamente redondo, com apenas a 3 metros de diâmetro, mas através do uso eficaz dos espaços disponíveis, o farol Molja agora possui um quarto no andar superior e um banheiro no térreo, tudo projetado pelo mesmo arquiteto que fez a Oslo Opera House e o National September Eleven Memorial Museum,  em Nova York. O Hotel apresenta uma mistura de modernas instalações com o interior histórico e rústico.

A cidade de Harligen, na Holanda, possui um belíssimo farol que também ganhou quartos para hospedagem.  Depois de subir os 80 degraus do farol, você descobre um refúgio de luxo com três andares, que oferece uma linda vista panorâmica do porto. O quarto é muito bem equipado e decorado com o tema náutico, sendo que a lanterna original foi mantida. Para acrescentar ainda mais ao clima de navegação, um rádio com sinal VHF funciona para você ouvir os movimentos do tráfego marítimo, bem como a velocidade e direção do vento.

Já o West Usk Lighthouse é um farol localizado no estuário do rio Severn, a poucos quilômetros de Newport, no Reino Unido. Ele foi construído em 1821 com um design único, em uma ilha onde o rio Severn e o rio Usk correm para o mar. Sua circunferência é maior que a maioria dos faróis ingleses, o que torna todas as acomodações que estão dentro do próprio edifício mais confortáveis. Os quartos são bem espaçosos e a escada de pedra em espiral completa o ambiente romântico do farol.