Dicas de Viagem

O que conhecer em Dublin

Por Laura Schneider

A cidade de Dublin é dividida em 24 regiões menores, que são chamadas de Dublin 1, Dublin 2, e assim por diante. Ao norte do Rio Liffey, que corta a cidade, ficam os bairros de número ímpar. Ao sul do rio, estão os bairros pares. A região central compreende os bairros de Dublin 1, Dublin 2, Dublin 3 e Dublin 4, além concentrar o maior número de atrações turísticas e opções de restaurantes.

Para começar o primeiro dia em Dublin e entrar no clima da cidade, o interessante é fazer um “walking tour”. Assim, você entende bastante da história do local e passa pelos pontos mais importantes da cidade.

Castelo de Dublin

Entre os pontos turísticos mais importantes da capital irlandesa está o Castelo de Dublin. A construção é bem imponente e fica no centro da cidade, em Dublin 2, ao lado do City Hall (prefeitura). O local é bem grande, portanto reserve uma manhã e aproveite bastante essa atração cheia de história e beleza.

Na Parliament Street existe um restaurante italiano muito gostoso, o Café Topolis. Se você estiver pela área na hora do almoço ou do jantar, aproveite. Os preços são justos e a comida é deliciosa. No geral, a comida em Dublin é bem barata e muito gostosa. Pode-se comer muito bem por um preço baixo, algo em entre 10 e 15 euros. Um dos pratos mais típicos da região é o famoso “fish and chips”, peixe empanado com batatas fritas. Um restaurante especializado no prato  é o Beshoff, que fica bem no centro da cidade.

Caso decida se aventurar nos fish and chips do Beshoff, aproveite para passear pela O’Connel Street. Essa é a rua mais importante de Dublin e fica do outro lado do Rio Liffey, em Dublin 1. É uma rua bem grande, com bastante comércio e prédios imponentes ao longo dela. Para as mulheres, uma dica bem interessante: é lá que fica a Penneys, uma loja de roupas a preços muito convidativos. Aproveite para comer um chocolate Butlers, típico da Irlanda, e pare para admirar o prédio dos Correios.

Ha' Penny Bridge

Voltando à Dublin 2, passeie ao longo do Rio Liffey e atravesse a Ha’ Penny Bridge. A ponte, apenas para pedestres, foi a primeira de Dublin e foi construída inicialmente para ser uma ponte privada. O seu dono cobrava meio centavo (half a penny) de cada pessoa que passava pela ponte. Daí o nome Ha’ Penny. Hoje, pode-se passar de um lado para outro do rio de graça, é claro. Atravessando a ponte, você irá entrar na boêmia região do Temple Bar. Só o nome já indica que esse é o lugar dos pubs e da diversão! É um pub ao lado do outro, com muita música e alegria nas ruas.

Dublin é uma cidade bem jovem em boa parte por causa da Trinity College, famosa faculdade irlandesa. O bem mais precioso da faculdade é o famoso Book of Kells (livro antigo que escrito e ilustrado por monges celtas por volta do ano 800), que fica dentro da antiga biblioteca da Trinity. Após passar por uma área que explica e conta a história do livro, você conclui a visita na biblioteca. São mais de 10.000 livros, dispostos em estantes do chão ao teto. A construção é tão impressionante que inspirou o filme Guerra nas Estrelas, de George Lucas.

Próxima à Trinity College fica a Grafton Street. Essa rua, só para pedestres, é um shopping a céu aberto. Passeie com calma pela rua e veja a moda de Dublin. No fim da Grafton Street, você irá encontrar o St. Stephen’s Green. Reserve um tempinho para caminhar pelo lugar e tirar fotos maravilhosas. Se o dia estiver mais quente e sem chuva ou vento (algo difícil de acontecer na Irlanda), aproveite para curtir bastante os jardins e, quem sabe, fazer um pic-nic por lá.

Trinity College

Voltando à parte boêmia de Dublin, não deixe de passar na Guinness Storehouse, mesmo que você não goste de cerveja. O “museu” da cerveja mais famosa da Irlanda, fica no local onde foi construída a primeira fábrica da bebida 250 anos atrás, e é uma atração imperdível. Reserve uma tarde inteira para passear pelos vários andares da cervejaria e entenda tudo sobre a Guinness, desde a sua fabricação e história até como servir uma “pint” perfeita. Não esqueça de passar pela loja para levar uma lembrança do local. Pode ter certeza que você irá querer comprar absolutamente tudo, de imã de geladeira a copos de “pint” e camisetas.

Dublin pode ser uma cidade relativamente pequena, mas possui diversas atrações para todos os gostos, desde museus, bons restaurantes e áreas verdes para simplesmente descansar e passar para o próximo ponto turístico.

Confira hotéis e compare preços de passagens aéreas para Dublin e comece a programar sua viagem para a Irlanda!

Deixar um comentário