Dúvidas do Viajante

ANAC modifica regras de bagagem

Nova resolução da agência de aviação revê pagamento imediato de indenização pelo extravio de mala.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) trabalha uma nova resolução que promete ajudar os viajantes que tiverem suas malas extraviadas. Após a confirmação do extravio, a companhia aérea deverá pagar uma taxa de 305 reais ao passageiro no momento que a reclamação sobre o sumiço da bagagem for feito.

As informações foram divulgadas pelo jornal Folha de São Paulo. A medida visa oferecer mais garantias ao passageiro, que com o valor terá o desconforto da falta dos seus pertences amenizado.

O prazo de devolução da bagagem extraviada também foi reduzido: passou para 7 dias, sendo que antes as companhias aéreas tinham até 30 dias para entregar a bagagem. Se após esse período a bagagem não for entregue, o passageiro tem direito a receber uma indenização, que pode chegar até R$3450.

Outras mudanças dizem respeito ao limite da bagagem de mão que pode ser transportada pelo passageiro. Hoje, o máximo é de 5 quilos. Com a nova resolução, esse limite fica a cargo das companhias aéreas, mas os 5 quilos que já vigoram hoje deve ser o mínimo oferecido pelas empresas. Essas modificações ainda podem ser alteradas, porém as companhias podem contar com um novo diferencial na concorrência

Comentário

  • Se hovesse uma fiscalização maior e mais eficáz, como câmeras, dispositivos para rastrear sua bagagem diminuiria a frequancia de extravio de bagagem e seria uma dor de cabeça e uma preocupação a menos para os passageiros. Maiores salários para os aéroviários e aéronautas.