Dúvidas do Viajante

Cafayate – Do deserto ao vinho

Por Laura Schneider*

Foi a bordo da Nova Ranger da Ford que nós partimos de Salta rumo a Cafayate, também no norte da Argentina, em busca de mais paisagens de tirar o fôlego e vinho, muito vinho!

A viagem de quase quatro horas passou por cenários incríveis e estradas sinuosas, dando um toque de aventura ao trajeto. Se em Salta o clima já era de filme de faroeste, em Cafayate não podia ser diferente, uma vez que entramos pelas cordilheiras alaranjadas que rodeiam a cidade, passando do Vale do Lerma para o Vale Calchaquí.

O cenário é impressionante, diferente de tudo o que já vi. Conforme fomos avançando pela estrada e entrando em meio às montanhas, a paisagem foi ficando mais rural e mais árida e o contraste do vermelho da terra com o azul do céu, ainda mais acentuado.

Montanhas e mais montanhas foi o que vimos durante toda a viagem, em uma estrada estreita, seguindo sempre um rio quase vazio. O trajeto passou por formações rochosas que já são pontos turísticos, como a Garganta Del Diablo e El Anfiteatro, cujas paradas são obrigatórias. Imaginem só poder entrar no meio de uma dessas montanhas avermelhadas, em pleno deserto andino?

Foto: Divulgação

Conforme fomos chegando ao nosso destino final, as paisagens foram mudando novamente, dessa vez para vinícolas enormes e estâncias imponentes, caracterizando bem essa região que produz hoje uns dos melhores vinhos do país.

Famosa por suas uvas e sua arquitetura colonial, a cidade de Cafayate é um dos pontos mais importantes da chamada Ruta Del Vino (Rota do Vinho), que começa em Salta, capital da província de mesmo nome, e passa por entre vários outros vilarejos históricos produtores de vinho até chegar a Cafayate. A cidade, que fica a 1.600m acima do nível do mar, é conhecida por ser uma das poucas no mundo que cultiva a uva Torrontés, encontrada apenas na Argentina.

Dentre os passeios que podem ser feitos estão a visita à Iglesia Catedral Nuestra Señora del Rosario, ao museu de história e arte Calchaquí e ao moinho Jesuíta. Mas o que os turistas que visitam a região querem realmente conhecer é a produção de vinho local e tudo o mais que tenha a ver com o assunto. Não é a toa que a cidade abriga hoje um museu totalmente dedicado à bebida, o Museo de la Vid y el Vino.

Outro passeio indispensável é a visita às bodegas e vinícolas da região. A grande maioria abre diariamente suas portas ao público, com guias que explicam todo o processo produtivo da bebida. Além disso, normalmente ainda é possível fazer degustação dos vinhos produzidos lá e comprar alguns exemplares para levar para casa.

Foi assim que tivemos o prazer de conhecer a Bodega El Esteco, uma das maiores da cidade. A visita, inédita para mim, que tenho pouco ou nenhum conhecimento sobre o assunto, foi toda guiada e nós pudemos entender um pouco mais sobre essa bebida, tão importante para a região.

A propriedade conta ainda com um hotel charmosíssimo, o Patios de Cafayate Hotel e Spa, onde fomos recebidos com um almoço incrível, de frente para a piscina e para as montanhas. A estância, construída em meados do século XVIII, foi totalmente reformada e transformada em hotel de luxo em 2005. O local é lindo e perfeito para quem quer passar uns dias descansando e aproveitando tudo o que a cidade tem para oferecer.

Foto: Divulgação

Apesar da região ser um destino pouco visitado pelos brasileiros, um passeio a Cafayate é, sem dúvida, indispensável para os amantes de vinho ou mesmo para quem não entende muito da bebida, mas deseja conhecer uma cidade encantadora com cenários espetaculares.

Como chegar: Os voos para Salta são diários e fazem escala em Buenos Aires. As passagens na baixa estação saindo de São Paulo custam em torno de US$ 625. Para fazer o trajeto pela Rota do Vinho é necessário alugar um carro ou contratar uma excursão. O aeroporto possui serviço de aluguel de carros, mas é possível alugar também em empresas no centro da cidade.

Onde Ficar:

SaltaDesign Suites Salta

CafayatePatios de Cafayate Hotel e Spa

*Laura Schneider viajou a Salta e a Cafayate a convite da Ford.