Curiosidades

5 Destinos no Brasil para mergulhar pela primeira vez

Destinos-no-Brasil-para-mergulhar

O fundo do mar é um lugar que inspira sonhos e fascina muita gente. Lindas imagens azuladas e cheias de peixes coloridos estão espalhadas por cartões postais, fundos de tela dos computadores e vários outros lugares. Elas despertam nossa curiosidade para um mundo diferente do nosso e é quase impossível não ficar curioso para saber como é o mundo subaquático na prática.

O problema é que bate aquele pensamento que diz que mergulhar é complicado demais e coisa para profissionais ou gente muito corajosa. Mas não é verdade! É verdade que para certos tipos de mergulho e em certas profundidades é necessário ser um mergulhador certificado, ou seja, ter feito um curso de mergulho e tudo mais. Para realizar um mergulho recreacional, no entanto, você só precisa ter uma coisa: vontade!

Existem empresas especializadas em realizar mergulhos de cilindro para pessoas que nunca mergulharam, por exemplo. Essa categoria de mergulho é chamada de “Batismo”. Você faz uma aula teórica sobre procedimentos de mergulho e sinalização, uma aula prática de adaptação na água e então parte para um mergulho com profundidade máxima de 12 metros. No Batismo, você tem o acompanhamento individual de um instrutor de mergulho para não rolar insegurança.

E olha que coisa interessante! Para mergulhar não é preciso saber nadar, você usa um colete inflável enquanto estiver na superfície. E quer saber mais? O Brasil tem lugares incríveis para você fazer o seu primeiro mergulho.

O Desviantes Turismo de Aventura, que é especialista nesse assunto, veio até o blog do Mundi exatamente para apresentar alguns desses lugares para você!

Bombinhas – SC

bombinhas-post-mergulho

Foto: Submarine

Como se já não bastassem as praias magníficas, Bombinhas guarda um oceano de águas claras e transparentes em boa parte do ano. A cidade do litoral catarinense carrega o título de Capital do Mergulho Ecológico por abrigar a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo. Ela é composta por um conjunto de ilhas, que estão numa área de encontro entre uma corrente fria, vinda das Ilhas Maldivas, e outra mais quente, que é brasileira. Essa mistura de correntes criou uma diversificada fauna e flora marinha que você vai querer conhecer.

A Ilha do Arvoredo é o principal ponto de mergulho em Bombinhas. Por questões de conservação, o mergulho é realizado somente em seu lado sul. A profundidade varia de 8 a 10 metros e é comum encontrar garoupas, tartarugas, cardumes de sardinhas e lulas.

Além do Arvoredo, você também pode fazer o seu primeiro mergulho em uma estação flutuante ao lado da praia da Sepultura. É uma forma bem legal de conhecer a vida marinha que vive ali pertinho da praia. O local é todo adaptado com escadas submersas e isso deixa a experiência bem tranquila.

Paraty – RJ

paraty-post-mergulho

Foto: Una Dive

Paraty é uma ótima opção tanto para cariocas como para paulistanos. Apesar de estar localizada no estado do Rio de Janeiro, a cidade está a 250 km das duas capitais.

A região de Paraty está dentro da baía da Ilha Grande, por isso tem águas calmas o ano todo. Isso torna o mergulho muito tranquilo, principalmente para os mergulhadores de primeira viagem.

A Ilha Comprida é o principal ponto para mergulhos de batismo. É considerado o aquário natural de Paraty, tamanha a quantidade de peixes. Você vai descer até uma profundidade de 10 metros e terá a chance de ver inúmeros cardumes. Os peixes já estão acostumados com a presença de mergulhadores e ficarão muito próximos de você. É uma super chance para tirar uma foto com um deles fazendo companhia.

Uma curiosidade é que em Paraty existe um avião que foi propositalmente naufragado e que pode ser avistado durante o mergulho, como um atrativo a mais ao mergulhador, quando esse é realizado na Ilha dos Meros, outro ponto famoso pela diversidade de vida marinha. Um pouco mais fundo (e aí já não pode ser avistado no mergulho de batismo), também foi colocado uma estátua para ser observada.

Angra dos Reis – RJ

angra-post-mergulho

Foto: Sottomare

Angra dos Reis é a principal cidade da baía da Ilha Grande e concentra 365 ilhas e 8 baías. Isso significa que Angra tem incontáveis pontos de mergulho, que incluem costões das ilhas, parcéis e até naufrágios.

Os principais pontos de mergulho são ao redor da Ilha Grande. Os mergulhos de batismo ocorrem com frequência entre a lagoa azul e a lagoa verde, um local de beleza cinematográfica, que faz jus aos nomes.

Uma dica maravilhosa é sobre o local de saída dos mergulhos. Você não precisa estar na Ilha Grande para embarcar. Empresas de mergulho oferecem saídas do próprio continente, na região chamada como Ponta Leste de Angra dos Reis.

Fernando de Noronha – PE

fernando-de-noronha

Clássico! Fernando de Noronha não tem como ficar fora de uma seleção de locais de mergulho. O arquipélago é o principal parque marinho do país, onde você vai encontrar uma mistura perfeita de muita diversidade marinha e uma visibilidade de até 50 metros. Isso significa que você tem muita coisa para ver dentro da água e ainda consegue ver com clareza tudo que estiver a menos de 50 metros de você.

Os principais pontos de mergulho de batismo são: Buraco do Inferno, Morro de Fora e Navio do Porto. No Buraco do Inferno existe uma gruta submersa que forma belas formações rochosas, cheias de passagens e túneis.

Em Fernando de Noronha, você tem a chance de ver de tudo: raias, lagostas, polvos, camarões e até tubarões de pequeno porte. Prepare-se para conhecer as águas de um dos melhores locais de mergulho do mundo!

Jardim – MS

jardim-post-mergulho

Foto: Lagoa Misteriosa

Essa é uma opção fora dos mares e um tanto quanto exótica. Que tal mergulhar em uma lagoa de águas azuis e incrivelmente transparentes? O nome do local é também curioso: Lagoa Misteriosa.

A Lagoa Misteriosa fica na cidade de Jardim, próxima à Bonito, no Mato Grosso do Sul. A lagoa é na realidade uma caverna alagada com 220 metros de profundidade, o que lhe confere a posição de sétima caverna mais profunda do Brasil.

Nesse mergulho, você vai descer até 8 metros de profundidade por um paredão vertical de rochas e vai avistar pequenos peixes que brilham com os feixes de luz. A dica aqui é olhar para cima durante o mergulho e avistar a luz entrando pela boca da caverna e refletindo no azul das águas.

Encontrou o empurrão que precisava para mergulhar? Nós, do Desviantes, esperamos que sim! Você vai encontrar mais detalhes sobre cada local na página de mergulho do Desviantes.

Se precisar de mais inspiração, confira a seleção feita pela Mundi com 35 lugares para dar um bom mergulho pelo mundo.

Comentário

Deixar um comentário

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkdin
Share On Pinterest