Inspiração

Melhores lugares para quem quer viajar sozinho!

melhores-lugares-para-viajar-sozinho

Pode ser que um destino tenha sido ótimo para aquele seu amigo que viajou sozinho e que teve o momento da vida dele, mas não significa que será ótimo e proveitoso para você também. Isso acontece por que as pessoas são diferentes (que bom!) e estão à procura de experiências ou lugares que nem sempre se assemelham, mesmo entre amigos, casais, família etc.

Por causa disso, elencar os melhores lugares para viajar sozinho não é uma missão muito fácil e é de uma grande responsabilidade, por causa do que falamos acima. Mas isso não significa que você sairá daqui sem ter nem ideia de lugares para visitar ao decidir viajar sozinho. Não, não! Só iremos fazer de uma forma diferente para que, juntos, possamos chegar a um destino incrível para você!

Antes de sequer pesquisar passagens: dinheiro

Você precisa estabelecer mais ou menos quanto de verba você tem disponível para realizar sua viagem. Faça suas contas, deixando um dinheiro reservado para qualquer eventualidade. A partir daí poderemos decidir se sua viagem será nacional, internacional e quantos dias você passará fora.

Antes de sequer pesquisar passagens II: o que você está buscando?

Depois de estabelecer verba, precisaremos definir objetivo. Para isso, você precisa começar um exercício de conhecimento interior bastante simples. Para orientar, perguntamos: o que você está buscando? No fundo, o que você mais gostaria de fazer durante sua viagem? Para quais fotos você gostaria de olhar no futuro?

Para ajudar, algumas opções que mais aparecem são:

  1. Viver aventuras e/ou praticar esportes;
  2. Conhecer gente;
  3. Ir para um lugar completamente diferente de tudo;
  4. Ter várias opções em um lugar só;
  5. Se isolar para pensar na vida, escrever um livro etc.

Não se preocupe se você escolher mais de uma dessas opções, pois é natural que um destino caiba em várias outras opções.

Melhores lugares para viajar sozinho

passeios-chile-vulcao-osorno

Vulcão Osorno, no Chile!

  • Para viver aventuras e/ou praticar esportes:

Paisagens de tirar o fôlego, seja no calor ou no frio, acompanhadas de trilhas, passeios ou a prática de trekking, kayaking, escalada, mergulho, rafting e uma série de outras atividades que vão equivaler a algumas semanas de academia. Quem escolhe esse tipo de viagem geralmente são pessoas que não se importam em acordar cedo, dormir em barraca, se queimar de sol e de estar frequentemente acompanhado de uma mochila cheia de suprimentos para uma aventura.

Lugares ideais no Brasil: Florianópolis (SC), Bonito (MS), Chapada Diamantina (BA), Fernando de Noronha (PE), Lençóis Maranhenses (MA), Chapada dos Veadeiros, Petar (SP), Monte Roraima (RR), Jalapão (TO), Aiuruoca (MG), Serra do Cipó (MG), Visconde de Mauá (RJ).
Lugares ideais no exterior: Costa Rica, Patagônia (Chile e Argentina), Chile, Nova Zelândia, Arizona, Islândia, Noruega, Tailândia, Quito (Equador).

mar e verde em florianopolis

Florianópolis

  • Para conhecer gente:

Na verdade, você pode conhecer novas pessoas em qualquer cidade do mundo. Mas se a missão é facilitar o processo, procure ir para lugares em que as pessoas estão mais abertas para conhecer ou lidar com novas pessoas. Isso acontece muito em cidades em que o turismo é tão comum quanto o próprio cotidiano e também, claro, lugares que têm a fama de serem agitados por festas ou grandes eventos.

Outra dado: é bem mais fácil conhecer alguém quando você se hospeda em um hostel do que em um hotel. Em um hostel há uma grande quantidade de gente viajando sozinha, além disso, os espaços comuns são projetados para que a comunicação entre os hóspedes seja bem-vinda. Por último, é comum que tenha festas e passeios promovidos pelo próprio hostel para os hóspedes.

Lugares ideais no Brasil: Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA).
Lugares ideais no exterior: Nova York (EUA), Las Vegas (EUA), Croácia, Ibiza (Espanha), Madri (Espanha), Cancún (México), Buenos Aires (Argentina).

mercado flutuante de frutas na tailandia

Mercado flutuante de frutas na Tailândia!

  • Para ir para um lugar completamente diferente de tudo:

Se você escolheu essa opção, então você quer mesmo experimentar tudo o que o mundo oferece, se jogando em uma aventura diferente dos esportes e enfrentar uma verdadeira viagem intercultural, onde provavelmente você terá que se comunicar muito por mímica e experimentar comidas bem diferentes.

Lugares ideais: China, Japão, Tailândia, Índia.

panorama da cidade de buenos aires

Buenos Aires!

  • Para ter várias opções em um lugar só:

Se você faz o tipo eclético e também gosta do conforto que as facilidades de uma boa infraestrutura trazem, o ideal é ir visitar uma cidade grande mesmo. As vantagens de uma cidade grande é ter várias opções de coisas a se fazer, ser fácil de se locomover e ter mais chances de encontrar pessoas que falem ou estejam mais acostumados a lidar com estrangeiros – algo bastante importante para um visitante. A desvantagem é que pode ser uma cidade cara, embora não seja regra.

Cidades ideais no Brasil: Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (BH), Porto Alegre (RS), Salvador (BA), Recife (PE).
Cidades ideais no exterior: Santiago (Chile), Buenos Aires (Argentina), Nova York (EUA), Londres (Inglaterra), Berlim (Alemanha), Amsterdam (Holanda), Madri (Espanha).

rua da cidade de paraty

Paraty!

  • Para se isolar para pensar na vida, escrever um livro, descansar etc:

Está precisando de um lugar calmo para ficar zen, colocar os pensamentos em ordem ou apenas para conseguir concentração suficiente para idealizar projetos (escrever um livro, terminar o TCC, estudar)? Provavelmente, então, os lugares ideais para você envolvem muita natureza, boas paisagens e distâncias feitas a pé.

Cidades ideais no Brasil: Nova Friburgo (RJ), Paraty (RJ), Trindade (RJ), Petrópolis (RJ), São Thomé das Letras (MG), Ibitipoca (MG), Juiz de Fora (MG), Campos do Jordão (SP), Bento Gonçalves (RS), Ilha do Mel (PR), qualquer praia no Nordeste – sem ser no verão ou Carnaval!
Cidades ideais no exterior: Colônia del Sacramento (Uruguai), Tigre (Argentina), Toledo (Espanha), Trogir (Croácia), Annecy (França), Budapeste (Hungria).

Começando sua viagem

Chegou neste tópico com um monte de opções em mãos? Não tem problema. Para ajudar a resolver esse problema, pense em estabelecer filtros. Assim você poderá eliminar grande parte dos destinos e deixar sua escolha bem mais objetiva.

Agora sim você pode começar a planejar sua viagem!  Uma ideia para facilitar sua vida na hora pesquisar e comparar preços de passagens aéreas e hotéis é dar uma passadinha no Mundi. Rapidinho você terá na tela do seu computador (do celular ou do tablet) os resultados de preços e disponibilidades para sua viagem.

Colabore com o post!

Sabe de mais alguns lugares para viajar sozinho? Deixa a dica aqui nos comentários que a gente insere no nosso post!

 

 

3 Comments

Deixar um comentário

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkdin
Share On Pinterest